Postado por Mariana Barcelos
29 setembro, 2016

Casamento ao ar livre

Já pensou em unir o dia mais importante da sua vida com uma paisagem maravilhosa?Sim, estou falando de casar ao ar livre, com a natureza harmonizando e ajudando na decoração.

Como em todo tipo de casamento é necessários preparativos, cuidados e ornamentação correta.

Vamos analisar as vantagens e desvantagens do casamento ao ar livre.

VANTAGENS

1. COMBINA COM MUITOS ESTILOS

a1

Vintage, rústico, clássico, boho ,romântico, moderno

Não há muitas restrições, pois o que faz diferença no ambiente é o tipo de decoração. É possível combinar tanto um mobiliário rústico quanto um mais luxuoso em um casamento ao ar livre, sem prejuízos. O segredo está na arte de integrar os espaços no cenário bucólico. A natureza dá boas vindas à diversidade de estilos. Casamento ao ar livre dá mais liberdade para os profissionais criarem decorações no estilo home wedding (Em breve post sobre este estilo), por exemplo.

2. FOTOS PERFEITAS

a2

Fotógrafos são apaixonados pela natureza. Nada melhor do que a luz do dia para dar vida às imagens, ressaltando as cores e a beleza de um cenário campestre ou praiano, por exemplo. Casar ao ar livre pela manhã ou à tarde garante a vantagem de aproveitar a luz natural. Mas casar ao ar livre não pode ser em qualquer horário. É importante estar atento ao comportamento da luz na época e no local do casamento.

3. O CONTATO COM A NATUREZA

a3

Dizem que, às vezes, palavras são insuficientes para explicar. Mas vale a tentativa. A natureza tem um poder de contagiar as pessoas. Ela é terapêutica! O diferencial está na capacidade que ela tem de nos surpreender a cada dia com uma paisagem diferente. O melhor de casar ao ar livre é sentir a energia da natureza se combinando com a das pessoas.

4. DE DIA, DE NOITE E EM TODAS AS ESTAÇÕES.

a4

Como já pontuado casar de dia rende fotos e vídeos incríveis. Porém, isso não quer dizer que casamentos ao ar livre não combinam o cair da noite. É tão lindo quanto. Quem resiste ao charme de um céu estrelado e uma lua cheia? Mas ATENÇÃO! É fundamental que o local esteja muito bem iluminado.

5. PÔR DO SOL COMO CONVIDADO ESPECIAL

O espetáculo da natureza nos privilegia com alguns episódios de tirar o fôlego. Entre eles, o pôr do sol está no topo da lista. Para quem escolhe casar no fim da tarde, por exemplo, certamente vai aproveitar as transições de cores do dia para a noite

a5

DESVANTAGENS

1. A CHUVA

a7 a6

Chuva no dia do casamento é um dos principais fantasmas que assombram as noivas – especialmente na véspera. Para as noivas que escolherem um casamento ao ar livre, campestre, no fim de tarde, é (literalmente!) indispensável ter um plano B. Preparar alguma estratégia caso chova.

Mas até a chuva pode render boas fotos e momentos incríveis.

a12

2. O VENTO

a11

Esse é um grande problema para as noivas praianas. O vento pode prejudicar a decoração, penteados e fazer com que esse momento vire um caos. È necessário planejamento para que isso não aconteça.

3. PARA OS DIAS DE VERÃO

a8

Calor e suor são sinônimos de verão. Para quem escolher casar entre dezembro e março, preste bem atenção no horário escolhido. O sol de meio-dia pode ser cruel nos estados do Sudeste. No Nordeste nem se fala! É aconselhável optar pelo fim da tarde, pois o clima está mais agradável e evita que os convidados fiquem “pingando”, agitados e inquietos.

4. PARA OS DIAS DE INVERNO

a9

Dizem que as pessoas ficam mais elegantes no inverno, vestindo-se com acessórios mais estilosos – como cachecol, toca meia-calça. Porém, algumas mulheres sentem mais dificuldade de encontrar roupas sociais de inverno para casamento. Casaco nem sempre combina com vestido longo, por exemplo. Então, o fator “frio” pode ser inconveniente – tanto para a noiva quanto para os convidados. Dependendo da região do Brasil, é melhor fazer a cerimônia num local fechado e aquecido.

5. CONVIDADOS MINÚSCULOS E INCONVENIENTES

Casamento

Mosquitos, abelhas, formigas e todo o grupo de insetos podem nos tirar do sério. Tudo bem que podemos – sim! – encontrar meios de evitar que eles fiquem por perto.  O ideal é pensar em alternativa para afastá-los. Veja algumas dicas:

  • Distribua pequenos frascos de repelentes ou leques
  • Verifique se tem alguma colmeia em uma árvore próxima ao local da cerimônia – ou locais mais altos. Se tiver, peça que o responsável pelo ambiente tome devidas providências. Assim, ninguém corre riscos.
  • Peça para que a equipe de decoração fique atenta aos formigueiros camuflados na grama

 

6. BUROCRÁCIA

Existem algumas barreiras para casamentos realizados fora da igreja. Listamos três principais:

  • Se o celebrante for um padre ou um bispo da igreja católica, muitas vezes ele pode não querer realizar a cerimônia em outro local.
  • Alguns sítios têm restrições de horários, já que o casamento geralmente começa mais cedo.
  • Se, por acaso, os noivos decidirem casar durante a semana e mais cedo, grande parte dos convidados não conseguirão ir – por motivos de trabalho, trânsito e logística.

Inspire-se!!!!!!

 

 



Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*